Construtechs: a transformação digital chegou na construção civil, saiba como implementar

A transformação digital na construção deixou de ser uma promessa para se tornar uma realidade nas últimas décadas. Essa questão se tornou possível devido a diversos fatores que mesclam aspectos culturais, legais, acesso à tecnologia, entre outros.

Com o intuito de esclarecer sobre a revolução digital na engenharia e construção, fizemos esse artigo. Além de explicar sobre a transformação, falaremos também sobre como implementar essa cultura em sua construtora.

O que é revolução digital

De tempos em tempos, a humanidade atravessa por processos que promovem uma profunda transformação nas sociedades e a revolução digital é um conceito muito debatido entre profissionais e intelectuais de diversas áreas do conhecimento.

Esses processos costumam ser complexos, e apenas compreendidos de maneira integral décadas ou séculos após o seu acontecimento. E o maior exemplo é a Revolução Industrial, que ocorreu do século XVIII até o século XX.

Antes da descoberta das máquinas, sobretudo às máquinas a vapor, o processo de produção de equipamentos era todo realizado de forma manual. Com a industrialização, as máquinas tornaram possível a produção em larga escala.

Essa mudança alterou todo o contexto de produção, relação de trabalho e a sociedade como um todo. Seus impactos continuam sendo estudados e analisados até os dias atuais. 

Em meados do século XX surgiu um instrumento que revolucionaria o mundo de forma similar à descoberta das máquinas a vapor: o computador. E, segundo alguns especialistas, o impacto do computador foi ainda mais profundo.

Desse modo, a revolução digital é um processo que se inicia com a descoberta do computador e sua melhora exponencial em realizar serviços indispensáveis para a vida moderna, assim como a otimização de serviços de telecomunicações, como telefonia e internet.

Quais os fatores que fizeram a revolução digital ganhar o mundo

Agora explicaremos mais sobre quais foram os fatores que permitiram que a revolução digital se tornasse possível. São eles:

·       Invenção do computador;

·       Melhoria dos serviços de telecomunicação;

·       Aspectos legais;

·       Cultura.

Invenção do computador    

O computador é tão presente em nossas vidas que é até difícil imaginar a nossa vida sem elas. Além disso, às vezes não nos damos conta da sua importância no nosso dia a dia.

Seu criador foi o cientista britânico Alan Turing, e o equipamento passou a evoluir exponencialmente, penetrando em quase todo tipo de mercado. Atualmente, grande parte da população possui um celular no bolso: o smartphone, algo inimaginável na época da sua invenção.

Melhoria dos serviços de telecomunicação

Um desafio muito comum à era digital é a conectividade. Isto é, a unir setores, empresas e profissionais para que a produção de uma determinada tarefa seja mais ágil. Desse modo, outro aspecto fundamental para a revolução digital foi a melhoria nos serviços de telecomunicação, como internet e telefonia.

É por esses fatores que países com baixa infraestrutura demoram mais para receber a revolução digital em seus mercados.

Aspectos legais

A união do ultra processamento dos computadores modernos com a velocidade da internet tornou possível uma série de possibilidades inimagináveis anos antes. Era impossível que a lei anterior ao período da revolução digital conseguisse atender àquela realidade de maneira correta.

Desse modo, países que criaram políticas públicas e diretrizes legais para assegurar liberdade e segurança no uso das ferramentas digitais criaram um ambiente mais propício para os negócios digitais.

Cultura

Outro aspecto muito relevante é a cultura. Faça o exercício de imaginar que um viajante no tempo levasse um computador para o século XIX. As mudanças ocorreriam tão rapidamente quanto ocorrem desde a década de 1980? A resposta é não! As pessoas do século XIX não tinham a maturidade para aquela transformação.

É o que o sociólogo e comunicador Castells chama de “Cultura Digital”. A revolução digital só se tornou possível por conta da cultura da geração que cresceu com as evoluções dos computadores, e não o contrário.

A transformação digital na construção civil: presente, passado e futuro

transformação digital na construção civil

A chegada tardia dos processos de inovação na construção civil ocorreu devido a diversos fatores, como os gargalos do setor, especialmente em países de terceiro mundo.

Nesses países em desenvolvimento, a mão de obra é pouco qualificada e inepta ao uso de ferramentas digitais — que eram inacessíveis à grande parte da população até pouco tempo atrás.

Desse modo, países como o Brasil estão algumas décadas atrasados em relação a países desenvolvidos, como Estados Unidos e os principais países europeus, que já tem boa parte da construção automatizada e com gestão moderna dos processos da construção.

Contudo, essa distância vem sendo reduzida devido à incentivos legais para inovação na construção, como o Decreto BIM, Biblioteca BIM, Estratégia BIM BR, Nova Lei de Licitações e novos softwares de gestão e o surgimento de diversas construtechs.

O que são construtechs

Quando falamos em inovação na construção civil, não poderíamos deixar de abordar sobre as Construtechs. Mas afinal, o que elas são?  Em resumo, essas são empresas de inovação para o setor — startups do nicho da construção. Assim, são empresas que promovem soluções tecnológicas a fim de solucionar gargalos do mercado.

Estas empresas miram nesses gaps e focam em solucionar as dores de empresas como mineradoras, construtoras, empreiteiras, criando novas alternativas ou melhorando antigas soluções.

Entre as áreas que as construtechs atuam, destacamos o gerenciamento de obras, orçamento de obras, gestão do canteiro de obras, aluguel de equipamentos, maquetes interativas e modelos 3D imersivos, Segurança do Trabalho, Smart City, entre outros.

Como implementar a transformação digital em sua empresa

o que são construtechs

As implementações das inovações digitais na empresa ocorrem pela aquisição de equipamentos, softwares e melhoria de serviços de comunicação, sobretudo, internet. Além disso, é necessário que a empresa se adapte a questões legais relativas à inovação e incentivos à transformação digital, como a implementação da tecnologia BIM.

É fundamental que sejam feitas colaborações com empresas construtechs, especialmente aquelas que solucionam problemas antigos e estruturais da construção civil, como a produção efetiva de orçamento de obras e eficácia no gerenciamento de obras.

Contudo, vale destacar que pouco adianta introduzir tecnologias, comprar novos equipamentos e softwares se a empresa não estiver inserida em um contexto propício à inovação. 

E um ambiente favorável ao processo é aquele que adequa a sua organização e cultura para incentivar processos de inovação. Isto é, antes das máquinas, a mentalidade da equipe, dos gestores e dos funcionários deve mudar para que as mudanças sejam de fato efetivas e para inserção de inovações facilitadoras e disruptivas. 

A ferramenta OrçaFascio é uma excelente alternativa para melhorar a orçamentação dos projetos, assim como introduzir elementos modernos de gestão, além da integração à tecnologia BIM. Portanto, para ter a transformação digital na construção civil, a OrçaFascio é uma excelente alternativa!Agora que você já sabe o que é a transformação digital no setor, faça uma demonstração grátis do software OrçaFascio e use a tecnologia a favor da sua empresa!

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

Anterior
Próximo