EPS para construção civil: vantagens e desvantagens

A cada dia, novas tecnologias surgem na construção civil, o que torna este importante campo técnico e de mercado cada vez mais dinâmico. O Isopor para construção civil já é utilizado há algum tempo, mas sua aplicação está tendo uma revolução como EPS para construção civil. Você sabe o que é o EPS? Qual a sua aplicação? Vantagens e desvantagens?

Com a intenção de apresentar o material a você e responder essas perguntas que fizemos este artigo. Continue lendo e confira!

O que é EPS?

EPS nada mais é do que a sigla internacional para poliestireno expandido — o popular isopor. Esse material foi descoberto na Alemanha no longínquo ano de 1949, pela dupla de cientistas Karl Bucholz e Fritz Stastny.

O EPS, ou isopor, consiste em um plástico rígido, resultado da polimerização do estireno em água. O produto final do processo são pérolas com até 3 milímetros de diâmetro, que se expandem naturalmente.

Durante o processo de transformação, essas pérolas podem aumentar em até 50 vezes o seu tamanho inicial. Este processo utiliza vapor e, com ele, as moléculas vão se fundindo e moldando, formando diferentes formas.

Ao completar o processo de expansão, as pérolas apresentam um volume de até 98% de ar e apenas 2% de poliestireno. Em 1 metro cúbico de EPS expandido, existem bilhões de células fechadas cheias de ar.

A produção do EPS caminhou na direção dos processos de extrusão. Estes processos são capazes de produzir pérolas em tamanho uniforme, partindo diretamente da micro peletização do poliestireno, além de apresentar o pentano como opção ante ao processo tradicional de polimerização do monômero de estireno (SM), que consome muita água.

Assim, o produto final obtido apresenta grande versatilidade e pode ser aplicado em muitas formas. O processo de produção do EPS não usa o gás CFC nem HCFC para a fabricação do material, o que é muito importante para a redução da emissão de poluentes.

Além disso, os produtos finais de EPS não contaminam água e ar. Produtos de isopor também apresentam outras qualidades, como maior capacidade de reaproveitamento e maior facilidade para reciclagem futura. Inclusive voltando a exercer de forma fiel à condição de matéria-prima.

Aplicação do EPS para construção civil

A utilização do EPS para construção civil é muito extensa. Todavia, deixaremos aqui os usos mais importantes que você precisa conhecer:

  • Paredes;
  • Arquibancadas;
  • Pontes e viadutos.
Veja como acontece a aplicação do EPS na construção. (Vídeo: Construtora Casas e Obras)

Paredes

Há muito tempo, as paredes exerciam um papel estrutural nas edificações. Isto é, as paredes eram uma extensão da fundação e funcionam como pilar e viga. Portanto, não poderiam ser derrubadas, o que limitava e muito as possibilidades de reforma.

Além disso, um problema muito comum para as obras antigas no que diz respeito a este aspecto era o peso que a edificação gerava para as fundações. Imagine um palácio em que todas as suas paredes precisavam ser robustas, pois eram também estruturais. O peso dessa estrutura pesava diretamente sobre as fundações.

Com o advento do modernismo e da evolução da construção civil, as estruturas passaram a ser criadas de forma independente às paredes, agora chamada também de elemento de vedação. Se a parede não precisa mais ser a estrutura da edificação, por que fazê-la então pesada?

Foi essa a grande sacada que arquitetos e engenheiros tiveram, já no século XIX e evoluíram durante o século XX. Paredes de alvenaria se tornaram regra, mas a alvenaria não é o único material que pode ser utilizado para a construção de paredes.

Gesso e isopor também são muito utilizados. E apresentam excelentes qualidades, como a leveza, flexibilidade e boa acústica.

Essa aplicação ocorre com menos frequência no Brasil, mas países como China e EUA já adotam essa alternativa em larga escala. Dessa forma, o uso do EPS em paredes tem como objetivo potencializar o isolamento acústico e térmico dos ambientes, assim como agilizar e reduzir os custos da construção.

A solução não apresenta restrição quanto à obra que será aplicada. Além disso, dispõe de dois sistemas construtivos distintos:

  • Sistema construtivo 1: a parede é construída a partir de placas EPS com duas grelhas amarradas. As placas EPS substituem os tijolos tradicionais. Dessa forma, a mão de obra tem fácil associação para construir esse tipo de parede;
  • Sistema construtivo 2: a parede é construída conforme desenho da planta, utilizando blocos de poliestireno que se encaixam como lego.

A utilização do poliestireno para este fim apresenta inúmeras vantagens, como redução do uso de vigas, materiais como cimento, ferro e madeira, o que diminui o peso da estrutura sem reduzir a resistência da edificação.

Arquibancadas

Um uso que poucos profissionais conhecem da placa EPS é para construção de arquibancadas. Por ser um material leve, muitos não imaginam que ele possa ser utilizado para esta finalidade. Mas ele pode sim. Assim como as paredes, o uso do EPS reduz de forma vertiginosa o peso. Além disso, sua flexibilidade é importante para o movimento natural das arquibancadas.

Pontes e viadutos

Pontes e viadutos são elementos que, naturalmente, enfrentam grandes vibrações. Dessa maneira, é necessário utilizar materiais que amenizem os efeitos dela. Assim, o EPS para construção civil é comumente utilizado para a criação de aterros sobre solos moles, preenchimento de elementos estruturais e sustentação de encontros em viadutos e pontes.

Características do material como alta resistência mecânica à compressão, cisalhamento e deformação, garantem que o material aumente a durabilidade e segurança da obra.

Vantagens do isopor na construção civil

Falaremos agora sobre as vantagens do uso do poliestireno expandido na construção civil.

Isolamento acústico

O ESP apresenta como característica o isolamento acústico. Por isso, esse material costuma ser utilizado na construção de estúdios. Além desse uso óbvio, o EPS pode ser importante para ambientes como hotéis ou mesmo edifícios residenciais.

Isolamento térmico

Conforme falamos anteriormente, países como EUA e China utilizam o EPS em suas construções especialmente por conta do isolamento térmico, visto que regiões dos países podem apresentar temperaturas muito altas e muito baixas no mesmo ano. Assim, o isolamento térmico é importante para criar edificações confortáveis.

Leveza

A leveza aqui citada diz respeito tanto ao peso do material quanto ao requinte. Ele pode ser aplicado sob diferentes formas, o que garante ao projeto um requinte sem igual. Ou seja, o EPS para construção civil neste quesito tem destaque.

Flexibilidade

Como é um material leve e sem papel estrutural, edificações construídas com EPS podem ser reformadas com muito mais facilidade em comparação a edificações de alvenaria estrutural, ou mesmo alvenaria cerâmica.

Desvantagens da construção em EPS

Falaremos agora sobre as desvantagens do uso do EPS na construção civil.

Uso inadequado para determinadas atividades (risco de incêndio)

O uso do EPS para construção civil é bastante seguro. Todavia, ele pode se tornar perigoso se for utilizado de modo inadequado, assim como qualquer outro material existente.  

Dessa maneira, o Corpo de Bombeiros não recomenda o uso do EPS para certo tipo de construções, pois o material, quando exposto à temperaturas acima de 80º C, começa a se tornar inflamável. 

Além disso, se faz importante a blindagem do EPS em partes da construção em que o sistema elétrico passa, pois o contato direto do material com elementos elétricos pode ser perigoso. 

Seguindo essas dicas, não há o que temer com o uso do EPS. 

Restrição para instalação de sistemas elétricos

A restrição para passar sistemas elétricos ocorre pelo mesmo motivo que foi citado anteriormente: risco de incêndio. Dessa forma, é importante planejar bem para que os sistemas elétricos não passem perto das placas de EPS — pois estas esquentam rápido e entram em combustão a uma temperatura de 80° C.

Sendo assim, o EPS para construção civil tem um presente e futuro bastante promissores. Contudo, é necessário saber utilizar o material e, seguindo as dicas presentes no texto, você saberá por onde começar. Gostou do que leu? Então,  saiba o que é steel deck e onde utilizar na construção!

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

Anterior
Próximo