Conheça as principais ferramentas BIM e suas vantagens

A tecnologia BIM revolucionou a construção civil e, cada vez mais, torna-se unanimidade. Para algumas obras públicas, o uso do BIM já se tornou obrigatório neste ano de 2021. Por conta disso, é muito importante para profissionais e empresas conhecerem mais a fundo algumas ferramentas BIM.

Com o intuito de abordar e esclarecer o tema, fizemos este artigo. Para tornar o artigo mais didático e dinâmico, iniciaremos falando sobre o que é a tecnologia BIM e quais são as dimensões que apresenta.

Posteriormente, falaremos sobre o que são as ferramentas BIM e quais são as principais disponíveis.

O que é BIM?

BIM é sigla para Building Information Modeling (Modelo de informação Construção, em tradução livre). É a tecnologia que utiliza modelos de informação para todo o ciclo de vida de uma determinada construção. Assim, o BIM oferece informações gráficas e não gráficas fiéis à construção.

Essas informações são armazenadas em um modelo integrado e compartilhado de dados. Conforme o projeto progride e se torna mais complexo, as informações obtidas pela tecnologia se tornam mais detalhadas. Dessa forma, é possível resumir o BIM como a criação de um modelo digital da obra física.

Assim, é importante, ao falar sobre BIM, abordar sobre a questão da maturidade, que é referente a capacidade da cadeia de suprimento em fazer o câmbio de informações entre diferentes setores de maneira completamente digital.

Em muitas situações, o nível de maturidade do BIM é confundido com as suas dimensões — que abordaremos de forma mais profunda no próximo tópico. Todavia, é importante não confundir as coisas, pois são elementos diferentes.

Nos dias atuais, a metodologia BIM evoluiu das dimensões básicas para as mais sofisticadas. Isto é, desde a obtenção de um modelo 3D interligado à elaboração de plantas até atingir a dimensão do orçamento e chegando ao ciclo de vida da edificação.

Desse modo, nada impede que novas dimensões sejam incluídas ao BIM no futuro.

Quais são as dimensões do BIM?

Agora falaremos sobre as dimensões do BIM:

  • 2D BIM – Gráfico;
  • 3D BIM – Modelo;
  • 4D BIM – Planejamento;
  • 5D BIM – Custos;
  • 6D BIM – Sustentabilidade;
  • 7D BIM – Gestão da manutenção.

2D BIM – Gráfico

Essa dimensão é a mais simples e é referente a produção dos desenhos técnicos em 2 dimensões, que são impressos e levados ao canteiro de obras para ajudar na execução das obras.

 Antigamente, essas plantas eram produzidas em programas que funcionavam como uma prancheta digital. Ou seja, as alterações dos projetos precisavam ser alteradas de forma individual em cada planta, o que gerava uma grande necessidade de retrabalho.

Com o BIM, as mudanças passaram a ser realizadas de modo totalmente automatizado.

BIM 3D – Modelo

A representação da construção em três dimensões sempre foi uma etapa muito importante para a construção. Afinal, os clientes têm muita dificuldade de compreender o contexto completo da obra apenas com a apresentação de desenhos e plantas em duas dimensões.

Ademais, os modelos BIM servem também para que os profissionais consigam enxergar de modo claro problemas de projeto e compatibilização de projetos. Além disso, o modelo 3D é totalmente integrado com as plantas e as alterações que são realizadas tanto no modelo quanto na planta, alteram automaticamente o outro.

BIM 4D – Planejamento

O planejamento é importante por muitos aspectos, como garantir que os prazos e orçamento sejam cumpridos, assim como as exigências de qualidade construtivas. Desse modo, um planejamento falho gera uma obra problemática. 

Desse modo, a dimensão de planejamento está ligada diretamente ao tempo. Assim, essa dimensão busca racionalizar a criação de um processo lógico, em etapas, da construção, de modo a otimizar o orçamento e o tempo, por meio de documentos como o cronograma.

BIM 5D – Orçamento

O orçamento é um elemento fundamental para as construtoras e empresas da construção civil. Afinal, ele viabiliza o lucro. Além disso, o orçamento é diferencial competitivo e caráter eliminatório para processos de licitação pública.

Dessa maneira, é importante adotar medidas para otimizar o orçamento na construção e a integração desse instrumento com planejamento e as outras dimensões é fundamental para obter resultados melhores em todo o processo.

BIM 6D – Sustentabilidade

A sustentabilidade está cada vez mais em alta e a indústria da construção civil é uma das mais exigidas, por conta da poluição que gera — resíduos, principalmente —, e a alta demanda por energia.

Dessa forma, é importante contar com mecanismos que auxiliam a diminuir o impacto das construções, oferecendo soluções para analisar o impacto do sol da edificação (a utilizando para iluminação natural nos ambientes e redução de sistemas de ar condicionado), além de analisar ventilação, etc.

BIM 7D – Ciclo de vida

Um dos grandes defeitos das empresas da construção civil na atualidade é a falta de gestão da construção durante todo o ciclo de vida. A construção não se encerra durante o término da obra, mas se estende durante toda a vida da edificação.

Portanto, a dimensão que trata sobre o ciclo de vida da obra é fundamental para as empresas e, principalmente, os clientes.

O que são ferramentas BIM?

Ferramentas BIM são programas (plugins, softwares, etc.) que utilizam a tecnologia BIM para otimizar a ferramenta. Existem ferramentas para engenharia e ferramentas BIM para arquitetura. Estas ferramentas podem atuar por diversas dimensões e setores da construção.

A seguir, apresentaremos algumas delas.

Quais são as ferramentas BIM?

Entre as ferramentas BIM, podemos destacar:

  • Revit;
  • ArchiCAD;
  • Navisworks;
  • Synchro 4D;
  • OrçaBIM;
  • OFElétrico;

O Revit é a ferramenta BIM mais popular no Brasil. Ela serve principalmente para aliar o modelo 3D da construção às plantas técnicas. Isto é, obter as plantas por meio do modelo em três dimensões e vice-versa.

O ArchiCAD é também uma das ferramentas BIM mais conhecida no mercado, utilizada principalmente para projeção, documentação e colaboração de projetos em obras. É utilizado principalmente para obtenção de modelos 3D a partir de informações importadas do Revit.

Já o Navisworks que aborda análise do modelo 3D para arquitetura, engenharia e construção é uma solução da Autodesk. Além disso, temos também como uma das ferramentas BIM conhecidas no mercado o Syncro 4D que trata sobre o planejamento. Isto é, integra os modelos com os cronogramas.

Como uma das ferramentas BIM que vem ganhando cada vez mais espaço, destacamos o OrçaBIM que é um plugin do software OrçaFascio que aborda especialmente sobre a dimensão 5D do BIM. Contudo, como a natureza do software OrçaFascio é de integração entre diferentes setores e processos, também aborda sobre o planejamento.

Dessa maneira, é uma solução mais completa do que outras existentes no mercado no que diz respeito à dimensão 5D.

Outra opção de ferramenta BIM ofertada pela OrçaFascio é o OFElétrico. Também é um plugin desenvolvido especialmente para integrar ao Revit. Com esse plugin, projetistas, eletricistas e demais profissionais conseguem automatizar o projeto elétrico das edificações.

O plugin OFElétrico é capaz de acelerar a produção do projeto em até 12x, além de integrá-lo aos demais projetos complementares e construção.

Como você pode perceber as ferramentas BIM são fundamentais para otimizar a metodologia BIM na construção civil. Apresentamos aqui as principais. E você, o que está esperando para utilizá-las?

Aproveite e faça um teste grátis por 7 dias em todo o sistema OrçaFascio, para conhecer na prática os plugins OrçaBIM e OFElétrico. 

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Downloads

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

Construtechs ganham cada vez mais destaque no mercado

Trabalho em altura: 8 medidas para profissionais da construção

PBQP-H: o que é e como construtoras podem aderir ao programa

Conheça o plugin mais completo para orçamento em modelo BIM

Reduza seu tempo de trabalho durante o levantamento do quantitativo de obras com o OrçaBIM integrado ao Revit.