Saiba o que é a NBR 5410 e quando ela deve ser aplicada

Um dos aspectos mais importantes para os projetos de engenharia e construção são os projetos complementares, incluindo o projeto elétrico. Dessa forma, é importante conhecer a NBR 5410 que versa sobre esse assunto, direcionando e regulamentando esse importante projeto complementar.

Com o intuito de trazer informações sobre a NBR 5410 atualizada fizemos esse artigo. O que é essa norma? Qual a importância da norma NBR 5410? Quando ela deve ser aplicada? Onde ela se aplica quanto ao nível de tensão? A fim de responder essas perguntas fizemos esse artigo. Continue lendo e confira!

O que é a NBR 5410?

A eletricidade é um fenômeno natural que pode ser manipulado pelo ser humano de diferentes naturezas. Contudo, para realizar isso, é necessário aplicar uma série de normas e recomendações oferecidas para os profissionais deste segmento.

Essas normas, em especial a NBR 5410, alertam os profissionais sobre as normas básicas de instalações elétricas para que estas não ofereçam risco, tampouco tenham funcionamento inadequado.

Segundo a ABRACOPEL (Associação Brasileira de Conscientização para Perigos da Eletricidade), os dados coletados no ano de 2017 indicam uma situação alarmante. Foram contabilizados 1.387 acidentes por choque, raio ou incêndio, com 702 vítimas fatais decorrentes desses acidentes, todos por conta do contato inadequado com a eletricidade.

Essa informação também é obtida por meio das estáticas do Corpo de Bombeiros, que indicam as instalações elétricas inadequadas como um dos principais fatores para a ocorrência de incêndios.

Dessa maneira, para coibir esse problema e tornar o uso da eletricidade mais seguro para os usuários, existe a NBR 5410. E onde se aplica a NBR 5140 quanto ao nível de tensão?

NBR é referente às Normas Brasileiras, que versam sobre importantes aspectos, incluindo a construção. Essas normas são aprovadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Dessa forma, saber quais são os principais pontos da norma e seus cuidados contribui para aumento da segurança nos espaços construídos.

Assim, NBR 5410 é um regulamento técnico que versa sobre as condições e regras para as instalações elétricas de baixa tensão até 1000v e tensão alternativa e 1500v em tensão ininterrupta no Brasil.

A norma foi criada com a finalidade de oferecer qualidade nas instalações elétricas, não oferecendo riscos para usuários do espaço, tampouco trabalhadores ou animais, quando for o caso. Isso é alcançado por meio de instalações e sistemas elétricos.

Portanto, essa norma é aplicada para instalações elétricas em edificações com os mais diferentes, como casas, comércios, indústrias, edificações destinadas ao setor agropecuário, entre outros.

Quando a NBR 5140 deve ser aplicada?

Como informado, a NBR 5140 é referente à normatização voltada para instalações prediais. Seu uso é aplicado em:

  • Instalações novas e já existentes em prédios que estão sendo reformados;
  • Linhas elétricas fixas de sinal com exceção dos circuitos internos dos equipamentos;
  • Áreas descobertas externas a edificações, como jardins, estacionamentos, entre outros;
  • Fiações e redes elétricas que não estejam cobertas pelas normas relativas aos equipamentos de utilização;
  • Locais de marinha, acompanhamento e instalações similares;
  • Circuitos elétricos que não estão dentro de equipamentos, funcionando sob tensão superior a 1000 volts e alimentados por uma instalação igual ou inferior a 1000 volts e correntes alternadas;
  • Circuitos elétricos alimentados sob tensão nominal igual ou inferior a 400 Hz ou a 1500 V e a corrente contínua (CC) — modificação estabelecida pela NR 10, que cria regulamentos e determina o que é a baixa tensão.
Homem faz instalação elétrica seguindo a NBR 5410

Além disso, é importante abordar sobre o que não é relativo à NBR 5410:

  • Instalação em cercas elétricas;
  • Instalações de tração elétrica;
  • Instalações em minas;
  • Instalações de proteção contra queda diretas de raios. Contudo, esta norma considera as consequências do fenômeno atmosféricos sobre as instalações, como seleção dos dispositivos de proteção contra sobre tensão;
  • Redes públicas de distribuição elétrica;
  • Iluminação pública;
  • Instalações elétricas de veículos motores, carros elétricos, entre outros;
  • Equipamentos para supressão de perturbações radioelétricas na medida em que não afete a segurança das instalações dos espaços concluídos;
  • Instalações de aeronaves e embarcações.

Vale destacar que a aplicação desta norma não dispensa os segmentos de outras normas técnicas que se aplicam ao uso da eletricidade em espaços construídos. Além disso, não interfere em outras normas que versam sobre locais específicos e os regulamentos que estas devem seguir.

Diferença entre NBR 5410 e NR 10

É muito comum que se confundam essas duas normas, pois ambas tratam sobre eletricidade. Todavia, elas apresentam diferenças substanciais entre si.

As Normas Regulamentadoras são regulamentos que versam sobre temas relacionados à segurança e medicina do trabalho no território nacional. Nesse contexto, devem ser tomadas em atividades de desenergização, aterramentos, etc. Ou seja, a NR 10 é relativa à saúde ocupacional e segurança com trabalhos que envolvem eletricidade. 

Por outro lado, as NBR’s são normas técnicas estabelecidas através de consenso, com a finalidade de padronizar a prática de determinada atividade, e leva em consideração os estudos relacionados a um determinado tema — como a eletricidade. A NBR estabelece requisitos de qualidade como segurança, desempenho, entre outros.

Muitas empresas do ramo da construção civil deixam de cumprir as determinações impostas pela norma alegando que estas encarecem o serviço. Contudo, o barato pode sair caro. Afinal, os cumprimentos das normas garantem o bom funcionamento do projeto elétrico, conservação e segurança da edificação.

Um erro muito comum relativo ao tema está relacionado ao fato do projeto arquitetônico ser feito de forma independente ao projeto elétrico. Ou seja, os profissionais responsáveis por ambos os projetos trabalham de forma separada.

O ideal, portanto, é que os projetos sejam feitos de forma integrada e conjunta, seguindo as exigências do projeto elétrico e respeitando o partido arquitetônico do espaço.

Ademais, outro erro frequente é não fazer manutenções periódicas nas instalações elétricas. Assim como qualquer outro elemento presente em uma obra, os equipamentos elétricos também necessitam de manutenção constante. Essa revisão evita curtos-circuitos e sobrecargas, contribuindo para abatimento na conta de luz.

Alternativas interessantes para otimizar a produção do projeto elétrico está no uso da tecnologia BIM para integrar projeto arquitetônico, elétrico e demais projetos complementares na obra.

Ferramenta para projetos elétricos

Além disso, é possível utilizar o OF Elétrico para otimizar a produção desse projeto, respeitando as determinações impostas pela norma regulamentadora.

O OF Elétrico é um módulo do software OrçaFascio que permite a redução em até 12x do tempo necessário para produção de um projeto elétrico, além de melhorar a precisão. Oferece vantagens como economia de material, agilidade na concepção do projeto, lançamentos de eletrodutos de maneira mais fácil, entre outros.

Sendo assim, a NBR 5140 é um importante regulamento para os projetos de engenharia e construção no país e um aspecto fundamental para os projetos elétricos. Dessa maneira, é importante conhecer para aplicar de maneira correta suas diretrizes. O uso de ferramentas como o OF Elétrico potencializa os pontos positivos da norma e torna o projeto elétrico regular.

Gostou do que leu? Então, aproveite para fazer um teste grátis de 7 dias para conhecer todas as funcionalidades do OF Elétrico!

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

Veja 7 dicas sobre licitação de obras e serviços de engenharia

Ecotelhado: entenda o que é essa alternativa sustentável

NR 21: cuidados para trabalhadores em canteiro de obras