9 dicas para aumentar a produtividade na construção civil

As empresas de engenharia buscam incansavelmente aumentar a produtividade na construção civil. Todavia, muitos negócios e profissionais não sabem o que fazer para lidar com essa questão.

Desse modo, se faz necessário apresentar o tema, falando sobre o que é a produtividade na construção civil e as principais dicas que devem ser tomadas para aumentá-la. Confira!

O que é produtividade na construção civil?

A baixa produtividade na construção civil nacional é uma realidade que muitos profissionais e empresas do setor já reconhecem, além de outras instituições que lidam com esta questão. Por isso, para trazer soluções para este tema, é necessário saber os fatores que afetam a produtividade e o que ela significa no contexto da construção civil.

Entre as principais causas que afetam a produtividade na construção civil, destacamos a burocracia e a mão de obra pouco qualificada. Ademais, os processos de gestão desatualizados, uso inadequado de tecnologia ou ausência de seu uso são os principais fatores.

Mas afinal, o que é a produtividade no contexto da construção? Significa uma produção qualificada dos objetos de engenharia e arquitetura, como obras de infraestrutura, edificações, entre outros.

Dessa forma, além de produzir mais com menos recursos (materiais e mão de obra), a produtividade está ligada intrinsecamente com a qualidade dos produtos entregues, isto é, as obras.

Para otimizar isso, preparamos 9 dicas para você. São elas:

1. Planejar a obra

Planejar a obra consiste em criar de forma racional um plano para execução das várias etapas da obra, levando em consideração todas as variáveis existentes. Isso é, orçamento, cronograma, condições do edital (para licitações públicas), exigências do cliente, limitações do mercado e mão de obra, entre outros.

O canteiro de obras é um ambiente que tende para o caos, mas esse caos deve ser evitado e, por isso, o planejamento de obras é tão importante. Ademais, para otimizar a sua execução, é necessária a contratação de bons profissionais, assim como de softwares eficientes de planejamento.

2. Mensurar a produtividade

Sem números, não se pode fazer a gestão daquilo que não é medido. Dessa forma, é necessário, para gerir a produtividade, fazer a sua mensuração. Afinal, como medir a produtividade? Isso pode ser realizado por meio do índice de produtividade na construção.

E como calcular o índice de produtividade na construção civil? Existem diversas fórmulas que você deve conhecer. Para produtividade individual, o seguinte índice deve ser utilizado:

Quantidade de serviço ÷ Tempo x número de colaboradores.

Para produtividade por equipe, utilizar o seguinte índice:

Quantidade de serviço ÷ Tempo.

3. Ser efetivo nos orçamentos

Quando os materiais são escolhidos apenas levando em consideração o menor preço, sem análise técnica, muitas vezes os produtos adquiridos serão de menor qualidade, o que compromete a produtividade no canteiro de obras.

Além disso, os orçamentos devem levar em consideração a relação do custo de um produto ou serviço com outros, e não fazer a análise de forma isolada.

4. Compatibilizar informações e projetos

A compatibilização de informação e projetos entre diferentes setores e profissionais é essencial para a melhorar a produtividade na construção civil. Esta ação é eficiente tanto no que diz respeito ao aumento da qualidade do material produzido, quanto à redução no tempo de execução das atividades.

Isso ocorre por inúmeros fatores, como a redução de retrabalho devido a erros, acesso mais rápido a informações pertinentes entre setores que dialogam entre si (planejamento e orçamento, por exemplo), e visão completa do produto final a partir de um único modelo. No momento, a metodologia que melhor trabalha a questão da compatibilização de projetos na construção civil é a tecnologia BIM.

5. Industrializar o processo construtivo

Desde que surgiu, a industrialização aumentou a produtividade em todo o mercado. E não poderia ser diferente na construção civil. Dessa forma, uma das maneiras de aumentar a produtividade no setor se dá por meio de aumentar o peso da indústria no processo construtivo.

Isso pode ser feito de diversas formas, como a adoção de estruturas pré-moldadas para concepção das estruturas e obras, implementação de técnicas off-site, entre outras.

6. Escolher bons profissionais

Por mais que a industrialização e a tecnologia sejam importantes para aperfeiçoar a produtividade na construção civil, nada pode substituir a contratação de um bom profissional para o setor. O bom profissional deve ter tanto conhecimento teórico sobre aspectos de administração e construção, como experiência no ramo.

Dessa forma, os conhecimentos são adquiridos de inúmeras maneiras, como cursos e de forma autodidata. E a experiência só se alcança com o trabalho contínuo em canteiros de obras.

Uma estratégia muito interessante é a de mesclar profissionais experientes com bons profissionais com pouca experiência, elevando no longo e médio prazo a qualidade da mão de obra.

7. Investir em equipamentos de qualidade

Além dos profissionais, é necessário investir em equipamentos de qualidade. Isso vale tanto para o setor gerencial quanto para o setor de execução de obra. Computadores, ar condicionado, cadeiras com boa ergonomia, bebedouro são exemplos de equipamentos para o escritório.

Para o canteiro de obras, os equipamentos variam de acordo com as particularidades de cada obra. Entre os mais comuns, destacamos o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), betoneiras, carrinho de mão para transporte de materiais, pincéis para pintura, entre outros.

8. Adotar em inovação e tecnologia

A inovação e tecnologia consistem em elementos fundamentais para aumento da produtividade na construção civil. Além de diminuir a necessidade de trabalho manual e repetitivo, o uso da tecnologia e inovação é responsável por melhorar os processos de gestão.

Dessa forma, existem diversas tecnologias que tem agido de forma positiva na construção civil, como novos softwares para diferentes setores (orçamento, planejamento, projeto, entre outros), drones (que permitem uma visualização ampla da construção e terreno). Além disso, outra tecnologia inovadora e que merece cada vez mais destaque é o BIM (Building Information Modeling). Essa tecnologia aumenta a produtividade por meio da maior integração entre diferentes áreas e automação de diferentes processos.

9. Controle de custos  

De certa forma, esse item está ligado com a questão do orçamento. Afinal, lembra quando falamos que produtividade está ligada à quantidade de produtos produzidos pela construção?

Desse modo, quanto maior for a quantidade de construção produzida pela empresa, com a menor quantidade de recursos utilizados, maior é a questão da produtividade. Todavia, vale destacar que é necessário deixar claro que a qualidade sempre é importante e a mera relação de custo por produção deve ser melhor trabalhada.

A produtividade na construção civil é uma questão muito delicada no país. Assim, cada vez mais empresas devem buscar melhorar essa questão e no texto que você acabou de ler apresentamos as principais dicas para aperfeiçoá-la dentro da sua empresa e obras. E você, o que está esperando para aplicá-las?

Aproveite e veja 7 dicas para melhorar o planejamento e controle de obras.

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

Anterior
Próximo