10 recursos que um software de orçamento de obras precisa oferecer

Que contar um software de orçamento de obras é importante para a produtividade da sua empresa você já deve saber. Porém, nem todos sabem quais são as características que essa ferramenta precisa oferecer para entregar um resultado mais efetivo para o orçamento de obras.

Pensando nisso, fizemos este artigo elencando as principais características que um software de orçamento de obras precisa ter para ser produtivo para uma construtora, empreiteira ou incorporadora.

O que é software de orçamento de obras?

De modo resumido, softwares de orçamento de obras são ferramentas desenvolvidas para otimizar a rotina de engenheiros orçamentistas, uma vez que estes profissionais trabalham com grande volume de dados e informações. Assim, os softwares geram cálculos exatos, oferecem mais agilidade, economia financeira, segurança de dados e outras vantagens que planilhas manuais não oferecem. 

Esse recurso tecnológico tem ganhado cada vez mais espaço justamente por proporcionar mais competitividade às empresas. Abaixo iremos detalhar melhor cada um dos recursos que um software de orçamento de obras devem oferecer para sua empresa. 

Funcionalidades essenciais para um software de orçamento de obras

Como já mencionamos em outros posts por aqui, o orçamento de obras não deve ser subdimensionado, tão pouco colocado muito acima do valor que a obra realmente vale. Pois em ambos os casos sua empresa enfrentará grandes problemas.

Assim, contar com um software de orçamento de obras além de contribuir para dar à empresa maior competitividade no setor privado, a coloca também em vantagem na concorrência em licitações públicas.

Para ficar mais claro, veja a seguir todos os recursos essenciais que um software de orçamento de obras deve oferecer:

1. Agilidade

A agilidade é uma das principais características que um software de orçamentos de obras deve apresentar. Afinal, o tempo é fundamental para apresentar propostas para instituições públicas ou privadas e o uso de soluções demoradas pode significar a perda do prazo para entrega de orçamentos.

Dessa forma, optar por softwares ágeis é uma obrigatoriedade. A agilidade é alcançada por meio da criação de um programa intuitivo, automação de processos, entre outros.

2. Integração com outros sistemas ERPs

O software de orçamento de obras não pode estar isolado de outras possibilidades, como são os casos dos ERPs (Sistema Integrado de Gestão Empresarial). Esses softwares são fundamentais para o gerenciamento de obras e podem ser utilizados em inúmeras atividades.

Assim, o software de orçamento não deve restringir o uso desses programas, tampouco reduzir a sua importância. Assim, ele deve ser passível de ser integrado a outros sistemas, otimizando todos os processos que envolvem a gestão de obras e o próprio orçamento.

3. Integração à metodologia BIM

BIM é a sigla para Building Information Modeling ou Modelo da Informação da Construção. É uma metodologia revolucionária, em que o projeto é desenvolvido a partir de um modelo digital, fidedigno ao projeto real. Com isso, apresenta uma precisão excelente dos dados e informações da obra.

Uma característica muito importante do BIM no que diz respeito ao orçamento de obras está no BIM 5D, que está relacionado diretamente com a produção de orçamentos de modo paramétrico. Dessa forma, a integração do software de orçamento de obras com o BIM é fundamental.

Especialmente nos dias atuais, em que o Decreto BIM e a Nova Lei de Licitações apresentam grandes incentivos ao uso da ferramenta para projetos de obras públicas.

4. Exatidão nos cálculos

Apesar de parecer óbvio, e talvez exatamente por isso, essa é uma característica que às vezes passa batido em algumas análises de qual software escolher para a empresa. A inexatidão dos cálculos é mais comum em orçamentos manuais, feitos à mão (embora seja cada vez mais raro) e em programas como o Excel.

Nessas alternativas, as informações são adicionadas manualmente e, quanto mais complexo for o orçamento, maiores as chances do erro humano. Dessa forma, a exatidão de cálculos é mais certa em softwares automatizados, que fazem os cálculos de forma otimizada, rápidas e utilizando tabelas de composição atualizadas.

5. Variedade de relatórios

Para o orçamento de obras e gestão, vários relatórios são importantes. Nestes documentos estão disponíveis diversas informações que contribuem para uma melhora na tomada de decisão, além de permitir enxergar erros que são cometidos e, posteriormente, consertá-los.

Dessa forma, a Curva S, Curva ABC e BDI, quando gerados pelo software, são ferramentas importantes para execução de um orçamento mais preciso. Além disso, a produção automatizada de outros relatórios, como Relatório de Medição de Obra, Relatório de Compras, Relatório Fotográfico, Relatório de Elementos não Orçados, entre outros, traz agilidade e aumento da produtividade para equipes.

6. Módulos complementares de gestão de obra

O orçamento de obras não está dissociado de outros elementos de gestão, como o planejamento, cronograma, gestão de fornecedores, acompanhamento de obras, e muitos outros elementos. Dessa maneira, o orçamento que trata somente de orçamento de obras é ineficiente e deve ser evitado.

Assim, ao escolher um software de orçamento de obras, é essencial contar com um software que permita a integração entre diferentes áreas, a fim de melhorar o sistema como um todo.

O software de orçamento, portanto, deve incluir elementos de cronograma, gestão de fornecedores, planejamentos, diário de obras, compras de materiais etc. Todavia, é importante ressaltar que os elementos não devem ser apresentados de forma segregada, mas integrados. Assim eles se tornam mais eficientes.

7. Tabelas de composição de preços atualizadas

As tabelas de composição de preços são imprescindíveis para gerar orçamentos de obras precisos. Existem diversas tabelas disponíveis, sendo as mais importantes a Tabela SINAPI e a Tabela SICRO para obras públicas. Elas contêm dados atualizados de preço de materiais que contribuem para elaboração de orçamento de obras preciso.

Dessa forma, os softwares de orçamento precisam oferecer uma grande variedade de tabelas de composição de preço em sua base. E, além disso, estas precisam ser atualizadas, aumentando assim a precisão dos orçamentos de obra.

8. Adequação às exigências dos órgãos competentes

Apesar das particularidades de cada metodologia de trabalho que o orçamentista adota, o orçamento de obras deve seguir uma série de exigências legais. Isto é, especialmente para situações em que o orçamento está sendo realizado para uma obra pública (licitação).

Dessa forma, é importante que o software esteja adequado quanto às exigências legais, como do Tribunal de Contas da União (TCU), que regulamenta as requisições quanto ao orçamento de obra a nível federal.

9. Armazenamento em nuvem

Há algum tempo, o armazenamento dos documentos relativos à construção era feito de forma física. Isto é, em armários. Isso ocupava um precioso espaço, além de dificultar a consulta dos documentos quando era necessário (tanto de maneira interna para gestão, quanto externa para fiscalização).

A primeira evolução foi feita com a mudança do armazenamento para discos físicos de informática (disquetes, CDs, pendrives e HDs). Contudo, essas maneiras, apesar de muito utilizadas, também já estão ultrapassadas.

Nos dias atuais, é importante que o software de orçamentos de obras conte com armazenamento em nuvem, pois torna o processo mais seguro. Além de permitir o acesso por múltiplos profissionais ao documento, mesmo que estejam separados em diferentes locais. 

Com ascensão cada vez maior do trabalho gerencial de forma remota é necessário contar com esse recurso.

10. Economia

Por fim, deixamos o que certamente é o aspecto mais importante: economia. Afinal, quanto mais barato for o custo de elaborar um orçamento, maior será o lucro ou valor disponível para investir em inovação na empresa — tanto em execução, quanto em gestão.

Dessa forma, é criado um círculo vicioso, em que uma melhora atrai outra. Além disso, é importante lembrar que não somente a economia financeira merece destaque e preocupação. Economizar tempo também se mostra cada vez mais relevante para os profissionais da construção civil. 

Ou seja, é importante buscar softwares de orçamento de obras que proporcionem ambas formas de economia. Uma forma simples de testar essa possibilidade e entender como esse retorno é possível é com a ajuda da Calculadora OrçaFascio

Software de orçamento de obras OrçaFascio: uma solução completa

Agora que já abordamos sobre todas as características fundamentais que um software de orçamento de obras precisa ter, você deve estar curioso em saber um que reúna todas essas qualidades, não é mesmo?

O software OrçaFascio se destaca em todas as características apontadas. Seja em agilidade, por permitir a elaboração de um orçamento de modo 8x mais rápido que o convencional ou com a integração ao BIM, por ter o plugin OrçaBIM, feito para unir o melhor do software à dimensão 5D do BIM. 

Além disso, conta a elaboração de diversos tipos de relatórios e documentos (padrão e personalizáveis) e módulos distintos, como planejamento, compras, entre outros, que atuam de forma complementar. Assim, apresenta um resultado completo para a gestão de obras. 

Outro ponto de destaque importante é que o programa é referendado por inúmeros clientes espalhados pelo país e é um diferencial para empresas que atuam no ramo da licitação pública, justamente por seguir todas as diretrizes do TCU.

Portanto, agora que você já conhece os 10 recursos essenciais que um software de orçamento de obras precisa oferecer para sua empresa, conheça o OrçaFascio. Faça um teste grátis por 7 dias, sem compromisso. 

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

Anterior
Próximo