Terceirização de mão de obra na construção: conheça as vantagens

A terceirização de mão de obra na construção civil é um importante tema que as empresas do setor devem estar atentas. A utilização de mão de obra terceirizada pode ser essencial para melhorar a qualidade e diminuir os custos com serviços. Todavia, sua aplicação deve ser feita seguindo critérios.

Com o intuito de falar de forma ampla sobre o tema, fizemos este artigo. Iniciaremos falando sobre o que é a terceirização de mão de obra na construção civil e qual a sua importância. Em seguida, falaremos sobre todas as vantagens que a terceirização traz para as empresas. Acompanhe!

O que é a terceirização de mão de obra na construção?

A terceirização de mão de obra no Brasil é um aspecto importante para se considerar durante a elaboração de uma atividade, especialmente na construção civil.

Dessa maneira, de forma resumida, a terceirização da mão de obra nada mais é do que contratar de outra empresa a execução de determinadas atividades que a empresa exerce. Um exemplo muito recorrente está na contratação de empresas terceirizadas para remoção dos resíduos gerados pela obra ou empresa.

Ademais, vale destacar sobre um importante aspecto que aborda sobre a terceirização da mão de obra. Antigamente, a terceirização de obra em uma empresa só era possível de ser feita para atividade que não fosse o foco da empresa, ou “atividade-fim”, no termo jurídico.

Assim, uma empresa de construção civil não poderia terceirizar a mão de obra para assentamento de tijolos, por exemplo. Contudo, com os debates sobre a legislação trabalhista que ocorrem desde meados do início da década, vieram mudanças.

Em primeiro lugar, a Reforma Trabalhista de 2017 e, logo depois, outros itens, como a declarada constitucionalidade da terceirização para atividade-fim pelo Superior Tribunal Federal (STF). Dessa forma, as empresas, incluindo da construção civil, podem terceirizar a mão de obra, incluindo as atividades-fim. Mas afinal, como funciona a terceirização de mão de obra na construção civil?

Como funciona a terceirização na construção civil

Para compreender sobre o assunto, é importante saber sobre o contrato de terceirização de mão de obra na construção civil. Este contrato, diferente da CLT, não é feito para Pessoa Física, mas para Pessoa Jurídica.

Desse modo, empresas e profissionais liberais podem ser contratados seguindo essa modalidade de contratação, desde engenheiros, arquitetos, eletricistas, pedreiros, marceneiros e demais profissionais.

Contudo, alguns cuidados devem ser tomados para não gerar problemas futuros. O principal ponto é: a contratação da atividade deve ser pontual e não extensa. Ou seja, não o contrato terceirizado não deve substituir o da CLT.

Trabalhadores que passam meses indo ao mesmo local, fazendo a mesma atividade, podem requerer vantagens de CLT. Dessa forma, é importante alinhar com o setor de RH as estratégias legais mais interessantes para a empresa.

Vantagens da terceirização de mão de obra

Entre as vantagens da terceirização de mão de obra na construção civil, destacamos:

·   Maior potencial de inovação;

·   Redução de riscos;

·   Priorização de investimentos;

·   Ganho de produtividade;

·   Foco  no Core Business;

·   Mais controle no fluxo de caixa;

·   Redução de custos operacionais.

Maior potencial de inovação

É impossível que uma empresa apresente as melhores soluções nos mais variados campos de serviço que compõem a construção civil. Dessa forma, a inovação é importante para melhorar o processo nesse sentido, ao contratar uma mão de obra mais especializada para cada serviço ou atividade.

Além disso, é importante fazer as escolhas certas no que terceirizar e sobre o que priorizar como serviço dentro da própria empresa. Assim, além de não perder o foco sobre as próprias atividades — não criando uma dependência externa, a empresa garante um aproveitamento maior de inovação e tecnologia para os resultados gerais da empresa.

Redução de riscos

Os riscos são inerentes a qualquer ação ou atividade que uma empresa ou profissional desenvolve. Contudo, esse risco pode ser mitigado ou potencializado a partir das escolhas que são realizadas.

Desse modo, executar atividades que se tem pouca intimidade ou conhecimento amplia o erro. Portanto, utilizar a terceirização de serviços para profissionalizar e otimizar atividades que a empresa não desenvolve de forma satisfatória, ou não tem profissionais especializados, é uma solução interessante.

Os riscos podem estar ligados a inúmeras áreas, como é o caso da segurança do trabalho, ou mesmo orçamento — risco de prejuízos e empreendimento não lucrativos.

Priorização de investimentos

Como já falamos anteriormente, um dos principais desafios da gestão de uma empresa está em saber escolher onde priorizar seus esforços e investimentos. Dessa forma, ao terceirizar determinadas atividades, a empresa pode priorizar sua responsabilidade em atividades que realmente são o seu foco de atuação.

Assim, uma empresa de construção especializada na execução de fundação pode terceirizar a limpeza e coleta de resíduos para focar apenas na sua atividade-fim.

Ganho de produtividade

A falta de produtividade na construção civil brasileira é um dos grandes gargalos do nosso mercado. Essa falta de produtividade pode ser explicada por inúmeros fatores, como ausência de mão de obra qualificada, tecnologia escassa e falta de modernidade nos processos e técnicas utilizados na construção.

Contudo, outro ponto importante sobre a baixa produtividade brasileira está na visão e modo de contratação de serviços. Assim, a terceirização de mão de obra na construção pode contribuir para o ganho de produtividade, desde que feita de forma correta, após muita análise.

Vale destacar, por fim, que a produtividade está ligada tanto ao custo da atividade, quanto à qualidade e ao tempo em que ela é feita. Desse modo, quanto mais ágil, barata e eficaz for uma atividade, mais produtiva ela será.

Foco no Core Business

Ao terceirizar a mão de obra, a empresa aumenta o foco no seu modelo de negócio. Isto é, em vez de se preocupar com atividades que não são o foco do negócio, a empresa pode terceirizar essa etapa, proporcionando à equipe atenção total ao foco da empresa.

Mais controle no fluxo de caixa

Quando se terceiriza, a empresa faz a conversão de um custo fixo para um custo variável. Isto é, um salário pago em tempo integral para um serviço de pagamento que a empresa precisa. Essa ação libera o fluxo de caixa para investimento em outros setores do negócio.

Dessa forma, você pode canalizar os recursos para otimizar as obras, além de poder investir em programas de marketing. Essa mudança de investimento é muito importante, especialmente em estágios iniciais de novos projetos, como lançamentos de empreendimentos, entre outros.

Redução de custos operacionais

Ao optar pela contratação de mão de obra terceirizada, uma série de custos é reduzida na sua empresa. Todo o dinheiro despendido no processo de seleção para mão de obra passa a não ser mais necessário, por exemplo.

Além disso, os gastos com a capacitação dos funcionários também são reduzidos, junto aos encargos trabalhistas. Essas despesas pesam bastante para as empresas brasileiras, e na construção civil isso se repete. Essas despesas são mitigadas a partir da contratação de mão de obra terceirizada de uma empresa especializada.

Sendo assim, a terceirização de mão de obra na construção civil pode ser uma alternativa interessante para aumento da produtividade, redução de custo e inovação dentro do projeto construtivo. E você, o que está esperando para considerar a contratação desse tipo de mão de obra?

Gostou do que leu? Então, saiba como fazer o controle da mão de obra na construção civil

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

Anterior
Próximo