BLOG

BIM : Saiba tudo sobre

Confira as principais informações sobre BIM em nosso artigo do blog. Aproveite e confira outros conteúdos sobre o tema, assim como os nossos produtos!
Compartilhe essa publicação
Aqui você vai encontrar:

Você já sabe o que é BIM na construção civil? O BIM (Building Information Modeling) é o mesmo que Modelagem da Informação da Construção. É uma metodologia que emprega diversas ferramentas e tecnologias para criar e gerenciar representações digitais das características físicas e das funções de construções.

O que você encontra neste guia completo

Neste guia, você encontrará tudo sobre BIM. Isso inclui o que significa BIM, o que não é e muito mais.

Você poderá conferir por aqui as diferenças entre modelos 3D e desenhos 2D. Além das dimensões BIM, a sua importância para a construção civil, ferramentas e plugins BIM e como integrá-los a todos os dados.

Também destacamos as diferenças entre software BIM e os fluxos de trabalho na metodologia e abordamos quais países utilizam o método pelo mundo para otimizar seus canteiros de obras.

Apresentamos os decretos sobre BIM no Brasil e os níveis de maturidade da metodologia no país. E, para finalizar, indicamos e-books gratuitos e artigos detalhados sobre diversos aspectos da metodologia no processo de construção.

Diferenças entre BIM e CAD

Desenho Tradicional em 2D: É uma representação plana do que será construído, como plantas e cortes.

Modelagem com o BIM: Utiliza modelos 3D que são mais detalhados e realistas, facilitando a visualização do produto final.

Desmistificando o BIM com @bimnareal

As diferentes dimensões BIM

As dimensões do Building Information Modeling descrevem os diferentes estágios de um projeto. Em geral, o elas são categorizadas nas dimensões a seguir, cobrindo todo o ciclo de vida da construção:

3D (Tridimensional)

Esta é a dimensão básica do BIM, onde os modelos tridimensionais são criados para representar a geometria dos elementos de construção. Isso permite uma visualização mais precisa e detalhada do projeto, facilitando a compreensão espacial e identificação de conflitos através do modelo virtual.

4D (Quarta Dimensão)

Adiciona a dimensão do tempo ao modelo tridimensional. Isso significa associar dados temporais aos elementos do modelo, possibilitando a simulação e a visualização da progressão do projeto ao longo do tempo. O BIM 4D é frequentemente utilizado para planejamento de cronograma e análise de sequenciamento de construção.

5D (Quinta Dimensão)

Incorpora a dimensão de custo ao modelo tridimensional para permitir uma análise detalhada dos custos ao longo do ciclo de vida do projeto. O BIM 5D é um processo utilizado para gerar estimativas de custo mais precisas. Além disso, é possível criar o planejamento financeiro e gerenciamento de custos durante a execução do projeto.

BIM 5D: Estudo de caso com @engenhabim

Outras dimensões

O BIM é um processo complexo, assim como a informação da construção é. Dessa forma, já existem discussões sobre dimensões adicionais para o método, como a 6D (sustentabilidade ambiental), 7D (gerenciamento de instalações) e 8D (segurança).

Construção sustentável: Lean e orçamento 5D

Vantagens

Modelos BIM são arquivos digitais que podem ser compartilhados e usados em rede. Isso melhora a comunicação e a colaboração entre todos os envolvidos no projeto e traz:

+ Eficiência: A precisão dos modelos 3D e das informações integradas reduz erros e retrabalhos, aumentando a eficiência e a qualidade da construção.

+ Economia: Com o controle detalhado de cronogramas e custos, é possível otimizar recursos e reduzir desperdícios, economizando tempo e dinheiro.

O BIM jamais pode ser visto como apenas uma representação visual. Ele é uma filosofia de trabalho abrangente, que integra todas as informações necessárias para o planejamento, construção e gestão de edificações.

Como planejar obras BIM com + eficiência e velocidade

Afinal, o BIM é bom pra quem?

Desvende os principais desafios no processo de implementação e suas principais fases.

Revit e BIM: diferenças fundamentais

A metodologia BIM não deve ser confundida com softwares que utilizam essa tecnologia para projetar edificações.

O modelo BIM carrega informações e dados sobre todo o ciclo de vida da obra, interligando todos os componentes do projeto.

Dessa forma, qualquer alteração no design de deles atualiza, em tempo real, outras partes do projeto. Esse processo é conhecido como interoperabilidade e permite que diferentes profissionais contribuam de forma simultânea com informações para o modelo.

O Revit, por exemplo, não é o BIM. Ele é uma ferramenta que implementa a metodologia BIM, desenvolvendo e organizando processos construtivos de maneira colaborativa dentro dessa metodologia.

Um pouco sobre o Revit

O Revit foi criado pela Autodesk©. Ele é o software mais popular do mundo para a elaboração de projetos complexos utilizando a tecnologia BIM.

O usuário do Revit pode criar um projeto completo. Isso inclui sua estrutura até a parte arquitetônica, inclusive todos os sistemas complementares: como hidráulica, elétrica e mecânica.

Descubra como otimizar seus projetos hidrossanitários no Revit

Descubra como acelerar seus projetos elétricos com um plugin Revit

Facilite o detalhamento de estruturas de concreto armado no Revit

Passos básicos para implementar o BIM em seus projetos

Para implantar o BIM com sucesso em uma construtora, geralmente, devem ser observadas as seguintes etapas:

> Planejamento estratégico: Defina objetivos claros e avalie as capacidades da empresa.

> Capacitação e treinamento: Treine a equipe e forme especialistas em BIM.

> Seleção de ferramentas: Escolha uma ferramenta BIM adequada e integrada aos sistemas existentes.

> Desenvolvimento de padrões: Estabeleça padrões e protocolos de trabalho.

> Projeto piloto: Realize um projeto piloto para testar a implementação do BIM.

> Expansão gradual: Implemente o BIM em outros projetos gradualmente.

> Monitoramento e melhoria contínua: Monitore o desempenho e faça ajustes conforme necessário.

A implantação do BIM traz benefícios como melhor coordenação, redução de custos e aumento da eficiência.

 

O uso do BIM no mundo

A Modelagem da Informação da Construção (BIM) tem se tornado uma prática padrão na indústria da construção globalmente. Ela vem transformando a forma como projetos da construção civil são concebidos, desenvolvidos e gerenciados em todo o planeta.

América do Norte

Nos Estados Unidos e Canadá, o BIM é amplamente utilizado, especialmente em grandes projetos de infraestrutura. Muitas empresas de construção adotaram o BIM para melhorar a coordenação entre disciplinas e reduzir retrabalhos e desperdícios.

O governo dos EUA exige o uso de BIM em projetos públicos federais e incentiva sua adoção no setor privado através de agências como a GSA (General Services Administration).

Europa

A Europa é um dos líderes na implementação do BIM. Países como o Reino Unido, Noruega e Alemanha têm políticas robustas que promovem o uso de BIM em projetos públicos. O Reino Unido, em particular, tem sido pioneiro, estabelecendo um mandato de BIM nível 2 para todos os projetos públicos desde 2016. Esse movimento visa aumentar a eficiência e reduzir os custos dos projetos financiados pelo governo.

Ásia

Na Ásia, países como Japão, Singapura e China estão investindo pesadamente em BIM.

Singapura tem um dos ambientes mais avançados para o uso de BIM. Isso acontece por causa do Building and Construction Authority (BCA).

O BCA é um conselho com a função de promover o BIM através de subsídios e exigências regulatórias. Ele é ligado ao Ministério de Desenvolvimento Nacional do Governo de Singapura.

Austrália e Nova Zelândia

O governo australiano tem promovido a utilização de BIM para melhorar a transparência e a colaboração em projetos de construção. Já a Nova Zelândia tem implementado estratégias para encorajar a adoção do BIM em todo o setor construtivo.

África

Na África, a adoção do BIM ainda está em estágios iniciais, mas está crescendo à medida que mais países reconhecem seus benefícios. A África do Sul é um dos países líderes na região, com iniciativas para promover o uso do BIM em projetos de infraestrutura.

América do Sul

Na América Latina, a adoção do BIM está crescendo, embora de maneira mais lenta comparada a outras regiões. Países como Chile e México estão começando a integrar BIM em suas práticas de construção.

No Brasil, a nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos (Lei nº 14.133/21) junto com o Decreto nº 10.306/20 incentivam o uso de BIM em projetos públicos. Isso tem impulsionado a adoção da metodologia inclusive no setor privado.

Estratégia BIM BR

No Brasil, o BIM tem sido impulsionado pelo Decreto BIM Nº 11.888, atualizado em 22 de janeiro de 2024. Conhecida como Estratégia BIM BR, essa iniciativa reafirma o compromisso do país com a adoção e implementação do Building Information Modeling (BIM) em larga escala.

A estratégia estabelece diretrizes e metas claras para promover o uso efetivo do BIM em todos os setores da indústria da construção civil. Entre as principais ações estão:

> Capacitação de profissionais: Investir na formação e atualização de profissionais para garantir que estejam aptos a utilizar as ferramentas e metodologias BIM.

> Desenvolvimento de padrões e normas técnicas: Criar e promover padrões e normas que padronizam o uso do BIM, facilitando sua integração em diversos projetos.

> Integração do BIM em processos licitatórios e contratuais: Incorporar o BIM nos processos de licitação e contratos públicos, assegurando que projetos de infraestrutura utilizem essa metodologia.

Ao adotar a nova Estratégia BIM BR, o Brasil busca alinhar-se às melhores práticas internacionais e posicionar-se como um líder na utilização dessa metodologia inovadora. O objetivo é impulsionar a modernização e a capacidade competitiva do setor da construção brasileira, além de contribuir para o desenvolvimento sustentável e a melhoria da infraestrutura do país como um todo.

Nível de maturidade BIM no Brasil

Segundo estudos recentes, o nível de maturidade BIM no Brasil tem crescido de forma significativa nos últimos anos, mas ainda enfrenta desafios para alcançar um patamar de excelência global. Baseado nos resultados de estudos recentes, como o maior estudo de maturidade BIM da indústria da construção civil brasileira, podemos destacar os seguintes pontos:

> Adoção crescente: Há um aumento na adoção do BIM, especialmente em grandes projetos de infraestrutura e edificações públicas, impulsionado por legislações como o Decreto Nº 11.888 e a Lei de Licitações (Lei Nº 14.133/21).

> Capacitação e formação: Embora haja um esforço crescente para capacitar profissionais, a necessidade de formação contínua ainda é um desafio. Muitas empresas investem em treinamentos internos e parcerias com instituições educacionais para suprir essa demanda.

> Normatização e Padrões: O desenvolvimento e a adoção de normas e padrões específicos para o uso do BIM no Brasil estão em progresso. Isso inclui a criação de guias e manuais que padronizam práticas e procedimentos, facilitando a integração e a interoperabilidade entre diferentes ferramentas e plataformas.

> Integração em processos públicos: O uso do BIM em processos licitatórios e contratuais públicos tem se tornado mais comum, especialmente em projetos financiados pelo governo. Isso promove uma maior transparência e eficiência nos projetos de infraestrutura pública.

> Colaboração e Interoperabilidade: O BIM tem fomentado uma cultura de colaboração entre os diversos atores da construção civil. A interoperabilidade entre diferentes softwares e plataformas ainda apresenta desafios, mas avanços significativos têm sido feitos para garantir uma integração mais fluida.

> Pesquisa e desenvolvimento: Universidades e instituições de pesquisa no Brasil estão cada vez mais envolvidas em projetos de desenvolvimento e inovação no campo do BIM. Isso contribui para a criação de novas tecnologias e metodologias adaptadas ao contexto brasileiro.

Desafios e perspectivas para o BIM nacional

Apesar dos avanços, o Brasil ainda enfrenta desafios significativos, incluindo:

> Desigualdade na adoção: A adoção do BIM é desigual, com grandes empresas liderando o caminho enquanto pequenas e médias empresas ainda encontram dificuldades para implementar a metodologia.

> Infraestrutura tecnológica: A necessidade de investimentos em infraestrutura tecnológica, como computadores e softwares avançados, é uma barreira para muitas empresas.

> Cultura da organização: A mudança cultural necessária para a adoção plena do BIM é lenta, e muitas organizações ainda precisam adotar uma abordagem mais colaborativa e integrada.

> Perspectivas Futuras: O futuro do BIM no Brasil é promissor, com expectativas de que sua adoção continue a crescer, impulsionada por políticas públicas, avanços tecnológicos e uma maior conscientização sobre os benefícios dessa metodologia.

A continuidade na capacitação profissional, o desenvolvimento de normas e a integração de novas tecnologias serão cruciais para elevar o nível de maturidade BIM no país.

Principais organizações nacionais e internacionais de fomento ao BIM

BIM Fórum Brasil - BFB - associação civil de âmbito nacional e sem fins lucrativos ,que reúne os diversos agentes da cadeia produtiva da construção envolvidos e interessados na disseminação do conceito e prática da Modelagem BIM no Brasil. 

Estratégia BIM Confea – promove a metodologia BIM e dá suporte à transformação digital dentro da Engenharia, Agronomia e Geociências no país em parceria com o BIM Fórum Brasil. 

ABDI - Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial -  desenvolve ações que auxiliam o Governo Federal a implementar políticas industriais, contribuindo para a promoção do desenvolvimento socioeconômico do país, além de promover a transformação digital da indústria nacional, tornando-a mais competitiva, tecnológica, eficiente e sustentável.

BIM Gob Latam - organização formada por representantes do setor público de países da América Latina e Caribe, atualmente formado por Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, México, Peru e Uruguai. O objetivo da Rede é aumentar a produtividade da indústria da construção por meio da transformação digital, acelerando os programas nacionais de implementação do BIM.

BIM Africa - comunidade de profissionais que promove a transformação digital da indústria de construção em toda a África

EU BIM Task Group - organização que atua a partir de uma abordagem pan-europeia para implementar as melhores práticas em BIM.

NBIMS-US™ - National BIM Standard-United States®  e NIBS - National Institute of Building Sciences - conselhos BIM que lideram a criação de ferramentas e padrões para a indústria da construção norte americana, baseados no uso de modelagem de informações de construção.

Women In BIM (WIB) – organização global do terceiro setor, que conecta mulheres com funções relacionadas ao BIM e indústria da construção para oferecer suporte, networking e capacitação.

Maiores eventos BIM no Brasil

BIM Fórum Conference – Brasil - evento anual que discute os impactos da metodologia BIM no país e impulsiona a Estratégia BIM BR.

BIM Summit Brasil -  versão local do reconhecido evento europeu, European BIM Summit. A primeira edição do encontro ocorreu em 2023 no Brasil.

BIM na prática

Como fazer Orçamentos incríveis para suas obras em BIM

Veja como usar dados de modelos BIM no Power BI 

Transforme dados BIM em decisões que aumentam os lucros

Aprofunde-se sobre o BIM no Blog do OrçaFascio

Estratégia BIM BR: saiba o que é e o que vem por aí

A Estratégia BIM BR tem como finalidade promover a criação de um ambiente adequado para a difusão do BIM no Brasil.

Conheça as principais ferramentas BIM e suas vantagens

Conheça o Revit, ArchiCAD, Navisworks e muito mais.

 

Biblioteca BIM: o que é e como utilizar recursos

Descubra o que é o acervo de objetos e componentes BIM.

O que é BIM 360 e como funciona?

Conheça a plataforma de compartilhamento da Autodesk©.

 

BIM 5D: tudo que você precisa saber para começar

Entenda a dimensão de custos da metodologia BIM.

 

BIM 5D: Saiba como funciona o orçamento de obra em modelo BIM

Descubra como são feitos orçamentos em projetos BIM.

 

Conheça o curso de BIM 5D gratuito e online da OrçaFascio

Aprenda a orçar projetos BIM totalmente grátis.

 

CDE e BIM na construção           

Conheça a integração entre o Ambiente Comum de Dados e a metodologia BIM.

 

Revit: O que é e Tudo Sobre

Conheça o software BIM mais utilizado no mundo.

 

CDE na Construção: Tudo sobre

Descubra as vantagens de compartilhar online informações dos seus modelos BIM.

Você não pode perder esses materiais gratuitos sobre a metodologia BIM. Clique para baixar.

BIM: Uma metodologia de gestão de obras 100% digital

Conheça as vantagens da modelagem 3D na construção civil.

 

10 Tecnologias para Otimizar Rotinas e Aumentar a Produtividade na Construção Civil

Saiba como a tecnologia BIM está revolucionando a produtividade das obras.

 

5 soluções que a tecnologia BIM traz para a sua rotina de trabalho

Descubra o impacto do BIM em projetos de construção.

A importância da Tecnologia e Inovação na Construção Civil

Conheça as vantagens de implementar o BIM.

 

Orçamentista da Construção Civil

Saiba como se tornar um orçamentista, inclusive para projetos BIM.

 

Nova Lei de Licitações

Saiba como a NLLCA incentiva o uso do BIM em obras públicas.

Precisando de uma mãozinha para implementar o BIM em sua obra pública ou privada?

Fale com nossos especialistas agora. É só clicar aqui. Estamos prontos para te mostrar as soluções ideais para otimizar projetos em BIM no Revit e orçar obras em BIM 5D. Se preferir, pode testar grátis os softwares e plugins da OrçaFascio agora mesmo, clicando aqui.

Compartilhe essa publicação