Orçamentista de obra: tudo que você precisa saber para ser um

A engenharia civil tem uma grande variedade de especialidades, devido à complexidade da construção civil. Quanto mais profissionais especialistas a empresa e a obra possuem, maior é a probabilidade de se obter um processo ágil e eficaz na construção de obras. Um desses profissionais é o orçamentista de obra.

Dessa maneira, é importante que você, enquanto profissional de engenharia, saiba o que faz um orçamentista de obra, qual o perfil profissional e o que fazer para se tornar um.

Pensando nisso, fizemos este artigo especialmente para você. Continue lendo e saiba tudo sobre esta importante profissão!

Perfil profissional

Quando se aborda o assunto de orçamento de obras, logo vem à cabeça uma lista de itens com seus respectivos valores. Todavia, por trás de uma tabela de valores, temos o trabalho de um especialista na área de engenharia, especialmente o engenheiro de custos. Este profissional pode ser conhecido de diferentes maneiras, mas é chamado comumente de orçamentista.

Esta área engloba muito mais do que apenas o levantamento de preços. O orçamentista também precisa conhecer sobre muitos outros fatores, tais como:

  • Elaboração de composições de preços unitários;
  • Cotações de materiais;
  • Realização de adaptações no levantamento quantitativo;
  • Leitura de projeto civis e instalações;
  • Conhecer todas as demais áreas que impactam a viabilidade de um empreendimento.

Dessa maneira, para que todo levantamento seja feito de forma assertiva, o profissional orçamentista deve apresentar uma visão global das disciplinas. Além disso, serve para manter uma boa interação com a equipe.

Outro ponto importante a se comentar é que os projetos em BIM oferecem uma grande riqueza de detalhes. Por conta das obras estarem se tornando cada vez mais complexas e do surgimento de novos sistemas construtivos, criou-se a necessidade de uma grande integração entre o orçamentista de obra e outros profissionais. Entre os outros especialistas, destacamos equipe de compras e projetistas.

Assim, a evolução do processo de desenvolvimento de um projeto também exige que o orçamentista de obra esteja cada vez mais especializado e por dentro das novidades. Dessa maneira, ele deve criar novas composição de preços, saber manusear novas tecnologias (softwares) e entender de diferentes assuntos, como gestão, índices, etc.

Outro ponto importante para se observar, dentro do perfil profissional, é a média salarial do orçamentista de obras. Segundo a Catho, site de classificados de empregos, o salário médio de um orçamentista civil no Brasil é de R$ 3.021,44. Este valor pode variar de acordo com a complexidade de projetos e experiência do profissional.

O que faz um orçamentista de obra?

O orçamentista de obra desenvolve diferentes atividades relativas ao orçamento de obras. Planilhas de orçamento são as principais atividades, mas não se resume a isso. Além disso, o orçamentista também é importante para desenvolver o cronograma de obras, planejamento, gestão, etc.

Isso não quer dizer que ele desempenha todas as atividades. Pelo contrário, é necessário que cada profissional desempenhe suas próprias atribuições. Todavia, a integração entre diferentes profissionais propicia um melhor resultado final.

Entre as principais atribuições do profissional orçamentista de obra, destacamos:

  • Estar atualizando com novas tecnologias disponíveis no mercado;
  • Montar a composição de preços;
  • Elaborar o cronograma e histogramas;
  • Criar a composição de mão-de-obra e equipamentos;
  • Analisar e atualizar e orçamento conforme as mudanças do projeto;
  • Determinar as estimativas de custos de cada item do projeto;
  • Desenvolver estimativas de custos dos recursos necessários para contemplar as atividades do projeto.

O orçamentista de obra pode atuar para empresas de engenharia e construção civil, mas também atuar como profissional autônomo.

Orçamentista de obra freelancer

Para seguir na profissão de orçamentista, o profissional não deve estar, necessariamente, vinculado a uma empresa construtora ou incorporadora. Muitos orçamentistas atuam de forma autônoma, ou mesmo como freelancers, prestando serviços para diferentes construtoras e profissionais.

Em casos de maior complexidade, é possível que o orçamentista de obra monte uma empresa focada somente em orçamentação. Dessa maneira, outras empresas terceirizam essa parte e a empresa de orçamento de obras desenvolve essa atividade para diferentes empreendimentos.

Com a atual realidade do mercado de trabalho, trabalhar de forma autônoma se tornou uma excelente alternativa para quem busca uma colocação. Além disso, em tempos de pandemia, atuar de forma autônoma é importante para a preservação da saúde, além de dar maior liberdade profissional.

Por exemplo, muitos profissionais desejam seguir carreira acadêmica, mas o trabalho em empresas do ramo pode atrapalhar devido à carga horária. Assim, o trabalho freelancer torna flexível a escolha do horário e a inserção de outras atividades, como fazer cursos, tornando possível inúmeras escolhas.

Técnico orçamentista de obras na construção civil

Além dos engenheiros capacitados para orçamento de obras, existem outros profissionais que podem contribuir de forma positiva para o orçamento. Entre eles, destacamos, principalmente, o técnico orçamentista.

Para isso, o profissional não precisa, necessariamente, de um curso superior. Existem cursos técnicos que capacitam o profissional para desenvolver essa atividade. Todavia, a complexidade dos orçamentos exigidos para esse profissional costuma ser menor.

Outro ponto importante a se destacar é que não existe uma exigência legal sobre o curso que o engenheiro deve ter para se tornar um orçamentista. Todavia, as empresas costumam cobrar uma especialização em engenharia de custos. Além disso, é necessário comentar que arquitetos e urbanistas também podem se tornar orçamentista de obras, embora essa parcela seja rara. Contudo, nada impede que um arquiteto se interesse pela área e atue de forma técnica.

Ao final, as empresas devem levar em consideração não os títulos (de forma isolada), mas sim a competência do profissional. Os títulos acadêmicos, cursos, etc. só servem se estiverem alinhados a um conhecimento palpável sobre o assunto.

Cursos para turbinar o currículo

E como o profissional orçamentista pode se especializar no assunto? Existem diferentes maneiras, e a principal delas é por meio de cursos que envolvem a área do orçamento de obras. Podemos citar tanto as especializações, como em engenharia de custos, como cursos sobre orçamento.

Existem diferentes cursos disponíveis no mercado e, alguns deles, podem ser obtidos de forma gratuita e online, como é o caso da Universidade OrçaFascio. Lá você pode aprender sobre orçamento de obras na teoria e prática, aprendendo também a utilizar o OrçaFascio, o software desenvolvido pela empresa.

Além dos cursos, é possível aprender por meio dos livros sobre o orçamento de obras, que ensinam a parte teórica do orçamento. Não menos importante, é possível aprender por meio da prática. Todavia, não se deve praticar sem que se conheça nada sobre a teoria.

Dessa maneira, teoria e prática devem caminhar lado a lado e um deve ser referência para otimizar o outro. Apenas assim o resultado final se torna o mais próximo o ideal possível.

Por fim, destacamos que é fundamental conhecer e aprender a manusear as novas ferramentas sobre orçamento de obras, como é o caso dos softwares. Eles automatizam o processo, integram os profissionais e facilitam e muito a vida do profissional orçamentista de obra.

Sendo assim, o orçamentista de obra é um profissional cada vez mais requisitado. Pode trabalhar em grandes, médias e pequenas empresas, além de atuar de forma autônoma.  Se você gosta de números ou tem interesse na área, que tal tentar se tornar um orçamentista?

Gostou do que leu? Então, conheça o curso gratuito da Universidade OrçaFascio e aprenda as melhores técnicas e procedimentos para realizar um orçamento de obra eficiente e 8x mais rápido do que em planilhas do Excel. 

Receba todas as nossas novidades sobre a construção civil

Cadastre-se agora na nossa newsletter, é grátis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :

Posts relacionados

NR 21: cuidados para trabalhadores em canteiro de obras

Saiba o que é a NBR 5410 e quando ela deve ser aplicada

Cálculo de materiais de construção: 9 dicas para economizar